O MERCADO MUSICAL ESTÁ EM ALTA NO STREAMING

O mercado da música foi um dos mercados mais impactados pela Covid-19. Conforme o levantamento dos dados, onde foram ouvidos cerca de 611 músicos (associados ou não à UBC) e 37 empresas ligadas ao setor de eventos de todos os estados do país, 89% afirmaram que, em 2021, passaram a ganhar menos dinheiro durante a pandemia e 50% dos trabalhadores do setor perderam toda a sua renda.

Mas, tal como os demais mercados têm sofrido para se adaptarem às alternativas exigidas pelo cenário pandêmico, a área musical também demonstra que os meios de consumo de seus produtos não podem ser apenas os habituais.  

Uma das alternativas são as plataformas de streaming, que podem ser grandes responsáveis para sustentar e alavancar o crescimento desta indústria – especialmente no Brasil, em virtude da regulação incisiva para a execução pública e por estarmos presenciando uma internacionalização de vários artistas nacionais e suas obras.

Por isso, em janeiro deste ano, o Escritório Central de Arrecadação e Distribuição – ECAD lançou a quarta edição do relatório “O que o Brasil ouve” sobre os direitos autorais e streaming, a fim de exibir os últimos números que envolveram o cenário musical.

De acordo com o relatório, em 2021 foram arrecadados R$ 252 milhões – um crescimento de 36% em relação a 2020; sendo que a distribuição abarcou um total de 130 mil titulares e cerca de 475 bilhões de execuções processadas por streaming de música.

Ainda, o documento traz um dado muito relevante – particularmente para as plataformas de streaming – ao demonstrar que o consumo da música nesse segmento resultou na distribuição de R$ 58,50 milhões, um crescimento de mais de 945% nos últimos cinco anos.

Essa é a quarta edição do relatório produzido pelo ECAD. O primeiro trouxe dados sobre a participação das mulheres na indústria da música no Brasil; o segundo, foi apresentado sobre o impacto da pandemia no mercado de shows e eventos; e, o terceiro, foi sobre o consumo de música na última década.

Para acessar obter o relatório completo, acesse:

https://www3.ecad.org.br/em-pauta/Documents/O%20que%20o%20Brasil%20Ouve%20-%20Streaming.pdf

Escrito por Ygor Tucamoto e Bruno Dias.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.